Seu produto com foto profissional

Seu produto é sua vitrine no ambiente virtual

produto-virtual

Produto é o principal item da sua loja virtual. E por que a fotografia é de suma importância para o ambiente virtual? Bem, tudo começa pelo olhar. O cliente caminha diante das vitrines com ar desinteressado, já passou por tantas lojas e nenhuma captou sua atenção. De repente, em uma fração de segundos, se depara com aquela peça, aquele vestido, ou aquele sapato dos sonhos… “Uau!” é o único som que sai da sua boca. Ele, ou ela precisa adquirir aquele produto e, acredite, quando o encantamento acontece é igual à paixão, a pessoa não descansa até conseguir. Esvaziam a poupança, dividem no cartão em mil vezes, deixam cheque pré-datados a perder de vista mas aquele produto vai para casa com eles no mesmo dia.

O processo não é diferente quando o assunto é loja virtual. Claro, na loja física existe a possibilidade de experimentar, tocar e sair da loja com o produto em mãos. Já na loja virtual, o cliente não pode tocar no produto antes de comprar, mas ele pode olhar. Por isso a fotografia é tão importante para seu e-commerce. É sempre a vitrine que vai despertar o encantamento no cliente e conduzi-lo até o fechamento da compra.

Imagem e Produto

A comunidade de e-commerce percebeu a importância da imagem há muito tempo e as grandes lojas investem pesado em editoriais de moda e na fotografia do produto. Algumas também apostaram em vídeos curtos com looks casados, como é o caso da AMARO.

Dentro do aplicativo da loja, o cliente pode escolher um vestido, clicar no item e ver algumas fotografias da peça escolhida no corpo da modelo. Por último, na frente de um fundo infinito, a modelo aparece caminhando e posando para a câmera com o vestido escolhido e acessórios para compor o look. O vídeo dura em média 15 segundos, mas é o suficiente para a cliente decidir se amou ou detestou o item.

Além disso, é preciso que as configurações do seu site estejam de acordo para a exibição de imagens em alta resolução. Cerca de 40% das pessoas que entram em qualquer site acabam saindo depressa se as imagens não carregam direito. Tamanha é a importância das imagens.

Se você possui dinheiro para investir em fotografia profissional, invista já! Não é um gasto desnecessário, é, como dissemos, investimento que vai atrair clientes e aumentar o número de vendas da sua loja.

Se você é um micro empreendedor e não dispõe de tanta grana para investir em fotografia profissional, separamos algumas dicas para ajudá-lo a melhorar o visual das suas fotos e elaborar a foto ideal para o seu produto.

1. Fundo Infinito para foto do seu produto

Os fotógrafos costumam utilizar o fundo infinito como uma técnica para eliminar distrações e atrair a atenção do cliente para o produto. A técnica consiste em fotografar a peça na frente de um fundo branco ou verde que pode ser confeccionado em tecido, borracha, TNT, e até mesmo pintado na parede desde que o fundo fique curvo para transmitir a impressão de profundidade.

O fundo branco é muito utilizado para fotografias destinadas ao e-commerce, enquanto o fundo verde é apropriado para digitalizar a imagem de fundo. Muitos filmes de Hollywood utilizam esta técnica de filmar com o fundo verde e inserir o cenário digitalizado mais tarde.

É possível encontrar fundo infinito branco para vender em lojas de material fotográfico por um preço que varia de R$190,00 a R$400 reais.

Se preferir, você pode confeccioná-lo com os materiais que mencionamos acima. Dê preferência aos tecidos de algodão que são mais leves e maleáveis para criar a curvatura entre a base e o objeto. A textura do TNT é mais leve do que o tecido de algodão, porém não são tão maleáveis e podem não garantir o efeito esperado.

2. Fontes de luz

O nome fotografia vem do grego e quer dizer “desenhar a luz” ou “registrar a luz”, isso quer dizer que a utilização de luz é um fator fundamental para uma boa fotografia. As principais fontes de iluminação utilizadas pelos fotógrafos são:

Iluminação natural

A iluminação natural é a luz original do ambiente externo sem interferência de lâmpadas ou refletores. Este tipo de iluminação é bem artística e pode ser utilizada em fotografias do produto ao ar livre. Se a sua loja for de roupas, um simples passeio no parque pode garantir boas tomadas. Se o seu e-commerce vende materiais esportivos que tal fotografar os itens em um gramado de futebol?

  • Iluminação artificial

Os fotógrafos utilizam refletores, faróis e lâmpadas para criar diferentes tipos de temperaturas. A iluminação artificial vai além do estúdio e pode ser combinada com a iluminação natural em sessões fotográficas realizadas na rua, por exemplo.

  • Iluminação ambiente

É a iluminação que faz parte do cenário a ser fotografado. Pode ser composta por luzes naturais, artificiais ou uma combinação de ambas.

  • Luz dura

A luz dura é obtida através de uma fonte de luz próxima ao objeto a ser fotografado. Ela é perfeita para realçar o contraste entre a luz e a sombra. Pode ser uma aliada se o seu e-commerce for um comércio de lingerie ou biquíni, pois este tipo de luz tende a evidenciar as curvas da modelo. Ele também pode ser prejudicial pois a luz direta em contato com o objeto também evidencia as imperfeições. Use com moderação.

  • Luz suave

A luz suave é utilizado para efeitos delicados. Trocando em miúdos a luz dura produz o efeito do flash do celular ligado na hora de tirar selfies enquanto a luz suave é a fotografia sem flash. Qual das duas favorece o objeto a ser fotografado? As duas possuem aplicações, cabe ao fotógrafo decidir qual usar.

Para criar os efeitos de luz dura e suave é preciso utilizar uma fonte de luz artificial. Quanto maior for a fonte em relação ao objeto fotografado, maior a suavidade. Quanto menor ela for, maior o efeito duro.

Se você é um fotógrafo de primeira viagem tente se ater ao que for mais simples. Procure uma boa fonte de iluminação natural ou artificial e atenha-se a ela para que o seu produto fique bem na foto.

O básico para se fotografar, seja em estúdio ou em ambientes externos, são duas fontes de luz posicionadas em cada lado e voltados na direção do objeto a ser fotografado. Uma boa fonte de luz pode ser adquirida por R$100,00 em lojas online.

       3. Utilize o disparo automático e o tripé

camera- produto

Na hora de fotografar, uma das maiores dificuldades está na firmeza das mãos. Fotos tremidas, fora de ângulo e desenquadradas podem ser uma perda de tempo e dinheiro. Se puder, invista no tripé. Eles não custam caro e vão garantir um melhor enquadramento, pois você pode posicionar a máquina no ângulo certo para enquadrar o objeto. Um tripé para máquinas fotográficas e Smartfones pode ser encontrado por R$57,00 online.

O disparo automático evita o contato com a máquina na hora de bater a foto prevenindo possíveis tremedeiras e imagens desfocadas. O disparo contínuo pode capturar belíssimas imagens, principalmente se a modelo estiver em movimento.

   4. Capture os detalhes

Convenhamos, no quesito de compras online quanto mais detalhes do produto mais seguro o consumidor vai ficar para efetuar a compra. Utilize as mesma dicas de posicionamento e iluminação para fotografar os detalhes. Que tipos de detalhes? Rendas, botões, bolsos, capas e contracapas de livros, profundidade e largura dos objetos.

Uma técnica que muitos fotógrafos de e-commerce utilizam é posicionar o objeto ao lado de outro como referência de tamanho. Por exemplo: Uma bolsa feminina pode dar a impressão de ser maior do que realmente é quando fotografada sozinha. Se introduzirmos um celular ou uma carteira ao cenário, fica claro para o consumidor as dimensões do produto em questão.

A transparência é importante e evita problemas futuros como reclamações ou devoluções.

   5. Aposte em cenários

O fundo infinito é importante e você deve sim fazer uso dele, porém, se para cada produto existem 5 fotografias (vai depender do site) disponíveis, que tal exibir pelo menos uma em um cenário? Trabalha com bolsas? Fotografe os detalhes dela em estúdio, mas invista também nos cliques em cenários urbanos onde ela aparece na mesa de um coffee shop ou na mão de uma modelo (contratada ou voluntária), por exemplo.

   6. Câmeras

fotografia-produtoSe você tiver uma graninha extra para investir em uma câmera digital, por certo será uma boa alternativa. Pois é um investimento que vai garantir a qualidade de suas fotos e trazer economia com gastos de estúdio profissional. Então neste caso prefira uma câmera DSLR, os preços são acessíveis e o resultado final é muito bom.

Vai fotografar com o celular? iPhones fazem fotos quase tão boas quanto as câmeras profissionais e possuem aplicativos que podem ajudar a capturar o objeto com mais fidelidade. Vai usar o Android? Na hora de adquirir o celular, informe ao vendedor que a sua prioridade é a câmera e compre a melhor dentro do seu orçamento. Torcemos para que seja um Galaxy S9 ou Motorola Z2.

Construa seus próprios aparatos e crie um estúdio fotográfico em casa

Existem alguns truques e improvisações que são muito efetivos para criar a foto ideal para o seu produto. Se a sua loja vende itens pequenos como bijuterias, cosméticos, livros, canecas e outros objetos parecidos então a missão é ainda mais fácil. Enfim vamos dar, agora, algumas dicas de como montar um estúdio!

  • Fundo infinito com cartolina branca

Você vai precisar de uma mesa apoiada em uma parede o mais perto possível de uma janela. Em seguida cole a cartolina na posição vertical na parede e deixe que a outra ponta caia delicadamente sobre a mesa formando uma curvatura. Posteriormente posicione o tripé e a máquina de frente para o fundo, coloque o produto no centro da cartolina e fotografe.

  • Tenda difusora com caixa de papelão

Uma tenda difusora profissional pode ser encontrada no mercado por R$ 150,00 reais, mas você pode construir uma com caixa de papelão que você encontra no mercado. Mantenha a estrutura da caixa, mas corte o miolo de todos os lados com estilete. Cubra as partes abertas com tecido branco e fita adesiva. Posicione uma luminária ao lado da caixa. Está pronta a sua tenda difusora.

Se você possuir uma caixa organizadora ou balde nas cores branco translúcido também podem ser utilizados como difusor. Dessa forma aqui temos um vídeo explicativo que vai clarear as ideias!

Tratamento de Imagens

Esta parte pode ser um pouco confusa para quem não é profissional, portanto vamos utilizar uma linguagem bem básica para ficar de fácil acesso a todos.

  • Tamanho da imagem

Certamente a imagem deve ser nítida e com boa resolução. Não deve ser muito pequena, pois os clientes tendem a perder o interesse. Além disso ela não deve ultrapassar o formato KB ao ser subida para o site. É o formato mais leve.

  • Zoom

É importantíssimo que o provedor da sua loja ofereça a funcionalidade de zoom no produto. Lembra do que dissemos no começo? O cliente quer ver os detalhes, quer tocar e sentir com os olhos. Para isso, a ferramenta de zoom é fundamental.

  • Sombras

O sombreado da imagem deve ser discreto pois deve indicar apenas a profundidade do objeto. Cuidado para que a sombra não chame mais atenção do que o produto.

  • Ângulos

Antes de fotografar, teste os ângulos do produto. Basta um posicionamento estranho para que o cliente feche a página e procure um exemplar do mesmo em outro site. Se estiver em dúvida peça a opinião de terceiros, sobretudo, não tenha medo de perguntar: “Esta foto parece estranha para você?”

Programas para tratamento de imagens

Pagos – Photoshop sem dúvida é o melhor programa para tratamento de imagens utilizado por profissionais da área por todo o mundo. No entanto não é simples de usar e requer treino.photoshop-produto

Gratuitos – GIMP possui basicamente os mesmo recursos do photoshop além disso, com a vantagem de ser de graça. PIXLR Editor possui recursos limitados, mas ainda assim é eficiente no tratamento de imagens.

Atenção: Se for utilizar imagens no seu site, certifique-se de que elas sejam mesmo suas, ou que pelo menos possua autorização de utiliza-las. Pois direitos autorais podem causar muitas dores de cabeça. Se precisar de algumas fotos extra livres para uso, o site Pixabay sobretudo, possui um vasto banco de imagens que podem ser utilizadas sem restrições.

Pronto para fotografar? De fato esperamos que tenha gostado das dicas. Além disso se quiser saber mais, acesse esse link e confira outros posts do nosso blog! No entanto não deixe de nos contar como ficou a foto ideal para a sua loja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *